Espero que você goste desse artigo.
Se você quer recuperar dados, CLIQUE AQUI para realizar um orçamento sem custo e sem compromisso.

Diferenças Entre Restore e Recuperação de Dados

Para todas as situações, existem formas de prevenir ou remediar: você pode tomar vacinas para prevenir uma doença ou remediar somente após contraí-la; pode fazer um seguro do seu automóvel e investir um valor mensal para estar assegurado, ou pode correr o risco de desembolsar muito dinheiro no caso de uma batida ou roubo. Em todos os casos, o “remediar” pode apresentar impactos e riscos muito maiores.

Trazendo o assunto para nossa realidade, que é cuidar da saúde dos dados, falaremos sobre as diferenças entre prevenir ou remediar quando o assunto é recuperar dados. Para isso, apresentaremos duas soluções disponíveis para pessoas e empresas que especificaremos e diferenciaremos a seguir:

Por se tratar de uma recuperação feita em uma mídia danificada, existe um pequeno risco de não obter êxito, dependendo diretamente do quão danificada encontra-se essa mídia. Como a recuperação de dados é um serviço especializado, o investimento para contratar uma empresa capacitada não é dos menores. Além disso, existe o impacto do tempo que a pessoa ou empresa pode perder durante o deslocamento e ausência do disco enquanto ele está sendo recuperado – devemos considerar, no mínimo 48 horas para a recuperação.

Restore

É um procedimento de restauração que depende de uma rotina de backup, que é uma solução preventiva e pode ser desempenhada de maneira manual ou automática, dependendo da necessidade e do volume da empresa ou pessoa que a utiliza.
O grande benefício do restore é que, uma vez a mídia ou equipamento apresentando falha, os dados estão assegurados em outro local, o que possibilita um fácil restabelecimento com pouco ou nenhum investimento. Quando o assunto é urgência, o backup é uma solução ainda mais adequada, pois o restore pode ser até mesmo imediato e automático, reduzindo ao máximo o impacto na continuidade dos trabalhos.

O único investimento neste caso é a assinatura de uma solução de backup profissional, ou o tempo despendido quando a rotina é manual. A única perda é o equipamento danificado, que pode não ser nada em relação aos dados que são preservados.

Conclusão

Se você é do tipo que preza pela economia imediata, e não sofreria com o impacto de uma interrupção nas suas atividades, possivelmente agirá somente em caso emergencial, ou seja, buscará pela recuperação de dados quando passar por um problema de falha de equipamento.
Agora, se você coloca a tranquilidade à frente da economia, e desempenha atividades que não podem parar, é extremamente recomendável que possua uma solução de backup, seja ela automatizada ou não, interna ou externa, entre as várias opções existentes no mercado.

Tanto a recuperação de dados, quanto o restore, são soluções que atendem a mesma necessidade – a perda de informações – porém, em momentos distintos. Agora que você conhece ambas, resta à você optar pela que mais atende às suas necessidades, e uma boa pergunta a começar se fazendo é: “O que eu faria se perdesse todos os meus dados agora?”.

A Corvus, como uma empresa especialista em recuperação de dados, oferece aos clientes ambas as alternativas: a recuperação emergencial para quem sofreu com a perda de dados, e a solução de backup para os mais precavidos.

(Visited 1 times, 1 visits today)